Desejo de muitas mulheres, as mamas grandes nem sempre são sinônimo de beleza e harmonia. Muitas mulheres com as mamas superdesenvolvidas sentem desconforto, insatisfação e baixa autoestima. Sem contar as dores lombares e dermatites (problemas de pele), muito comuns nessas pacientes.

 

Qual é a diferença entre Mamoplastia redutora e mastopexia?

A mastoplastia redutora consiste na diminuição e no remodelamento das dimensões das mamas. Em alguns casos, são necessárias incisões maiores, que podem ocasionar cicatrizes mais extensas. Este fator deve ser considerado junto ao médico, bem como a possibilidade de diminuição da sensibilidade ou da capacidade de amamentação após a cirurgia.

Já a mastopexia consiste na elevação das mamas já ptosadas (caídas), pela idade ou emagrecimento. As cicatrizes muitas vezes são extensas, podendo ser diminuídas com o uso de prótese de silicone.

 

Assista ao nosso vídeo explicativo sobre Mamoplastia redutora e saiba mais como funciona:

 

Quando fazer a Redução das mamas?

Seios naturalmente grandes e volumosos podem causar problemas de saúde e queda na autoestima, afetando a vida da mulher. Se o excesso mamário está causando dores nos ombros, pescoço, coluna, marcas profundas do sutiã, interferindo na rotina diária e execução de ações simples, como praticar exercícios físicos e escolher roupas,  a solução pode ser a redução das mamas.

 

Quais são as causas do volume excessivo das mamas?

As principais causas do volume excessivo das mamas são a genética e os estímulos hormonais. Já a flacidez pode ser causada pelo envelhecimento, perda acentuada de peso e amamentação. A cirurgia deve ser realizada, preferencialmente, após o desenvolvimento total das mamas, o que geralmente ocorre no final da puberdade. É importante ressaltar que cada pessoa tem um desenvolvimento glandular e funcional diferente.

 

Quais são os cuidados necessários para a cirurgia de redução de mamas?

Para a mamoplastia redutora é necessário alguns cuidados pré e pós-cirúrgicos. São eles:

 

Cuidados pré-cirúrgicos

Nos dias que antecedem a cirurgia é aconselhável interromper o consumo de bebidas alcoólicas. Oito horas antes, é necessário fazer jejum absoluto de alimentos sólidos e líquidos. O tempo da cirurgia, internação e o tipo de anestesia devem ser informados pelo médico.

Cuidados pós-cirúrgicos

Programe a sua vida, nos dias seguintes à cirurgia, respeitando os cuidados necessários estabelecidos pelo médico.

 

Podem ocorrer complicações pós-cirúrgicas?

As complicações são raras, devido ao preparo realizado no pré-operatório e os cuidados oferecidos durante e após a cirurgia.

 

A cirurgia plástica é um dos caminhos para conquistar mais autoconfiança e melhorar sua qualidade de vida. Converse sobre suas expectativas com o médico e veja o que realmente pode ser feito, respeitando o seu organismo.

 

Marcação de consulta
× Marque sua consulta através do whatsapp